Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

21/12/2018 - Música no Maracá: Sucesso de público em happy hour da APM

Cerca de 100 pessoas, entre associados e acompanhantes, participaram do Música no Maracá na última quinta-feira (20), happy hour da Associação Paulista de Medicina. Para abrilhantar a noite paulistana de verão, o evento teve apresentação dos instrumentalistas cubanos Pepe Cisneros e Aniel Someillan, além de Walmir Gil e Cuca Teixeira.

“Hoje é um dia especial. Temos uma banda extraordinária tocando neste espaço maravilhoso”, celebrou o diretor Cultural adjunto da APM, Guido Arturo Palomba.

No repertório da banda: Stella by Starlight (Victor Young), Autumn Leaves (Joseph Kosma / Jacques Prévert), Caravan (Juan Tizol / Duke Ellington), On Green Dolphin Street (Bronislaw Kaper), Inútil Passagem (Antônio Carlos Jobim / Aloysio de Oliveira), Look to the Sky (Antônio Carlos Jobim), Das Gardências (Isolina Carrillo) e Son de la Loma (Miguel Matamoros).

O pianista, compositor e arranjador Pepe Cisneros, radicado no Brasil há 24 anos, agradeceu o convite de tocar na APM. “Para mim, é uma experiência única. Os médicos têm como função principal cuidar de pessoas. Creio que a música tem propósito semelhante. Então, tocar para esses profissionais realmente é um privilégio imenso porque salvam vidas.”

No currículo, além apresentações solo e em grupo, o músico já participou de trabalhos com artistas renomados, como Caetano Veloso e Elza Soares.  “Cisneros é um instrumentalista top de linha. Sou suspeito para falar porque gosto muito de jazz e piano, entretanto, não tenho receio em dizer que seu trabalho é realmente muito bom”, elogia Palomba.

O trompetista François de Lima, que fez a abertura da primeira edição do Música no Maracá, também contemplou a banda com algumas participações especiais como convidado.

A cirurgiã plástica Dayana Garcia Alves, associada há 20 anos, foi acompanhada do marido Guilherme. Foi o primeiro evento cultural que participou na entidade, que teve sua aprovação: “Gostei das escolhas das músicas, da comida, do ambiente, do prestígio e de poder trazer meu marido como convidado”.

“Foi além das minhas expectativas. Gostamos muito do Cine Debate, mas este é o primeiro evento musical que participamos aqui na entidade”, afirmou Luiz Gonzaga Alexandre, associado há quase 50 anos, que foi acompanhado da esposa Evelyn P. Alexandre, que também é médica e elogiou a ação.

“A Associação está cada vez mais acolhedora. As atividades são maravilhosas. Queremos participar do Música no Maracá mais vezes”, completou.

Sobre o projeto
Em clima descontraído e informal, o Música no Maracá surgiu em 2017, com o objetivo de proporcionar um momento de integração e convivência entre os médicos associados da APM. A programação conta com a curadoria de Walmir Gil, um dos mais importantes trompetistas brasileiros. “A nossa expectativa é haja frequência maior do programa no próximo ano, que é uma confraternização bonita compartilhada com os profissionais da Medicina”, afirma Gil.

Segundo ele, nas próximas edições haverá uma variedade musical maior. “Hoje, por exemplo, estamos contemplando a música latina, com bolero, salsa e tchá tchá tchá, além da melodia afro-cubana. Fechamos 2018 com chave de ouro e elegância”, finaliza.

Fotos: BBustos Fotografia

Notícias relacionadas:
14/12/2017 - Happy hour: Música no Maracá encerra temporada em grande estilo
17/11/2017 - Associados participam de happy hour com apresentação de Wilson Teixeira Quarteto
09/10/2017 - Música no Maracá com Daniel D’Alcantara Quarteto reúne associados na APM
19/09/2017 - Associados participam da 1ª edição do Música no Maracá