Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

ÚLTIMAS

08/11/2010 - APM concede Prêmio Doutor Cidadão a iniciativas em prol da comunidade

A Associação Paulista de Medicina (APM) entregou a quarta edição do Prêmio Doutor Cidadão, na noite de 5 de novembro, como reconhecimento a iniciativas de médicos em benefício da comunidade. O primeiro colocado foi o Projeto Jovem Doutor e Educação e Cultura em Saúde pelo Espaço Digital de Ciência para a Promoção de Saúde nas Escolas e Comunidades, promovido pela Disciplina de Telemedicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Já em segundo lugar ficou a ação de desenvolvimento de Protocolos de Atendimento e Encaminhamento em Saúde Mental para UBS (unidade básica de saúde), criada por professores e alunos de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em Sorocaba. As Expedições Científicas e Assistenciais da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, que contemplam anualmente uma cidade ou bairro carente, foram as terceiras colocadas.

A APM concedeu, como incentivo, as quantias de R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 2 mil para os primeiros colocados, respectivamente. Ganharam menção honrosa os projetos Mutirão da Saúde - Centro Médico Berrini (4º lugar), Pastoral Carcerária - Penitenciária Parelheiros (5º lugar) e Cães e Crianças Autistas (6º lugar). Todos os demais participantes inscritos foram classificados, simbolicamente, em 7º lugar.

Yvonne Capuano, diretora de Ações Comunitárias da APM, observou que a qualidade dos projetos surpreendeu a comissão julgadora, especialmente nas visitas realizadas para conhecer de perto cada iniciativa. "São trabalhos que dignificam os nossos semelhantes", observa.

O presidente da APM, Jorge Carlos Machado Curi, lembrou que a saúde está entre as maiores preocupações dos brasileiros hoje e que este prêmio chama a atenção para aqueles que participam ativamente de ações em prol da população das formas mais criativas possíveis. "Temos o compromisso de buscar avanços para a saúde no Brasil, elevando o índice de desenvolvimento humano do país de maneira proporcional ao crescimento da nossa economia."

José Luiz Gomes do Amaral, presidente da Associação Médica Brasileira e eleito para a presidência da Associação Médica Mundial a partir de outubro de 2011, enumerou características fundamentais da profissão como conhecimento científico, vontade de ajudar o próximo e ética. "Ser um doutor cidadão é assumir o compromisso de mudar a realidade do país e do mundo em que vivemos, o que nos completa como médicos e seres humanos", define.

Também participaram da cerimônia de premiação o coordenador da Gestão Hospitalar Municipal e do Samu, Paulo Kron, representando o prefeito Gilberto Kassab; o diretor da 4ª Distrital da APM e diretor do Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Medicina (Cremesp), João Márcio Garcia; o diretor do Sindicato dos Médicos de São Paulo e da Federação Nacional dos Médicos, Carlos Grandini Izzo; o diretor de Patrimônio e Finanças da APM, Murilo Rezende Melo; o diretor de Economia Médica da entidade, José Antonio de Lima; o diretor de Defesa Profissional da APM, Tomás P. Smith-Howard, e a presidente da Associação Brasileira das Mulheres Médicas, Marilene Rezende Melo.

Comissão Julgadora do 4º Prêmio Doutor Cidadão:

Dra. Yvonne Capuano

Dr. Lacildes Rovella Jr.

Dr. José Antonio de Lima

Dra. Marilene Rezende Melo

Dra. Rozeane Luppino

Dr. Hélio Begliomini