Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

ÚLTIMAS

11/10/2017 - APM promove I Encontro Brasileiro de Slow Medicine

Slow Medicine (Medicina sem Pressa, em tradução livre) contrapõe o dinamismo das consultas atuais, resgatando uma atuação médica desacelerada, que reconforta pacientes e profissionais. Com essa proposta, a Associação Paulista de Medicina promoveu a primeiro encontro brasileiro, em 7 de outubro, para debater a profundidade, a filosofia, os princípios e a prática desse conceito.

“Não dá para fazer uma Medicina correta e com qualidade diante da correria diária, estilo fast food, pela qual a sociedade hoje está submetida. Por isso, o conceito mais importante da Slow Medicine, movimento de âmbito mundial, é o tempo. Ou seja, o suficiente para permanecer com o paciente, conversar, pensar com mais cautela no diagnóstico”, afirma o clínico geral Kazusei Akiyama, coordenador do evento.

Nesse sentido, a Slow Medicine busca oferecer um cuidado de qualidade ao paciente, baseando-se nas melhores evidências científicas, com a elaboração de decisões ponderadas e cautelosas e, sempre que possível, compartilhadas. Propõe ainda um cuidado que busque a tecnologia apropriada à singularidade de cada paciente e de sua situação vivencial.

Como parte de se pensar na filosofia e prática de atendimento, Akiyama reforçou a importância do uso da Medicina Integrativa entre os profissionais da Saúde. “Ela faz parte de um dos conceitos da Slow Medicine. Com a integração entre a prática convencional e a complementar, o médico consegue ampliar a capacidade de abordagem e aumentar o arsenal de diagnóstico e terapêutico”, afirma.

O encontro também abordou os temas “A relação médico-paciente: pedra fundamental da prática médica”, ministrada por Dario Birolini; “Slow Medicine: história, filosofia e princípios”, por José Carlos Campos Velho; “A Medicina sem pressa e a humanização da atenção à Saúde”, por Pablo Gonzalez Blasco; “Medicina narrativa”, por Afonso Carlos Neves; “Medicina baseada em valores”, por André Negrão; “Entre o azul e o rosa, o caminho do meio”, por Marcio D’Império; “Slow oncology”, por Ana Lucia Coradazzi; “Slow back pain”, por Bernardo de Mônaco; “Luto sem pressa, cuidados paliativos e Slow Medicine”, por Ana Célia Rodrigues de Souza; e “A geriatria sem pressa”, por Daniel Figueiras Ralo.