ÚLTIMAS

05/02/2019 - Associação prestigia reunião do Agita SP

No último dia 2 de fevereiro, o presidente da Associação Paulista de Medicina (APM), José Luiz Gomes do Amaral, participou da reunião anual de assessores do Programa Agita São Paulo, na capital paulista. O projeto é organizado pelo Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (Celafiscs) e tem o intuito de combater o sedentarismo no estado.

“Nosso foco é aumentar os níveis de conhecimento sobre a atividade física e a prática em si, em São Paulo. No mundo, o custo [aos sistemas de saúde] do sedentarismo é quatro vezes maior que o do tabagismo. Então, temos um fator de risco que tem maior prevalência, que é a segunda maior causa de morte, e ainda é um fator de custo”, explicou Victor Matsudo, coordenador do projeto.

Ele também adiantou algumas das ações do Agita São Paulo para 2019. A entidade pretende organizar mais atividades com grêmios, além de investir no aumento de eventos e dos participantes das ações. “Também traremos inovações como pesquisas sobre atividades físicas, um baile do Agita e um futebol-caminhada.”

O presidente da APM colocou a instituição à disposição do Agita São Paulo e do Celafiscs para desenvolver atividades que estimulem a saúde da população. Amaral também convidou os presentes a contribuírem com ideias para inovações sobre o tema, sobretudo para potencializar o uso do Cartão de Melhoria da Saúde, feito pela Aliança Mundial de Profissionais de Saúde.

Este mecanismo – criado por médicos, fisioterapeutas, dentistas e farmacêuticos – organiza a saúde em quatro indicadores: sedentarismo, hábitos alimentares, tabagismo e consumo de álcool, indicando os níveis saudáveis ou não, para cada cidadão aumentar o seu controle. O presidente da Associação estimulou os presentes a encontrarem maneiras de levar esse cartão ao conhecimento da população.

O Celafiscs desenvolve diferentes tipos de atividades acadêmicas e de pesquisa, analisando a relação entre a atividade física e a saúde nas seguintes dimensões: recuperação, manutenção, promoção e excelência. Criou, em 1997, o programa Agita São Paulo, visando combater o sedentarismo. O Agita SP organiza caminhadas, palestras e atividades pela promoção da atividade física.