Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

ÚLTIMAS

10/08/2017 - Comissão de Negociações vai à Unidas apresentar pauta

A Comissão Estadual de Negociação apresentou a pauta 2017 de reivindicações da classe médica à União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas), entidade que representa cerca de 120 operadoras de planos de saúde. Dentre os itens abordados está a proposta de correção de 16,28% nos valores de consultas e procedimentos médicos, que levou em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – acumulado no último ano em 6,28% - e mais 10% de recomposição das perdas dos últimos anos.

Os médicos demandam, ainda, o reajuste por fator de qualidade de no mínimo 100% do IPCA; a avaliação do vínculo como relação de trabalho; e a alteração da Instrução Normativa (IN) 64 – que dispõe sobre o fator de qualidade – da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para que os critérios sejam estabelecidos entre os conselhos profissionais da área da Saúde, sociedades de especialidades e entidades representativas dos médicos.

Além dos representantes da Unidas, participaram do encontro o diretor adjunto de Defesa Profissional da Associação Paulista de Medicina (APM), Marun David Cury, o conselheiro do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) João Ladislau Rosa e o secretário de Relações Sindicais e Associativas do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Otelo Chino Junior.

A Comissão é composta pela APM, Cremesp e Simesp, com apoio da Academia de Medicina de São Paulo e das Regionais da APM. Ao longo de todo o ano, os membros do grupo se encontram com representantes das operadoras de planos de saúde, a fim de defender a atuação da classe médica na saúde suplementar. 

Fotos: Marina Bustos

Galeria de Imagem