Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

ÚLTIMAS

06/12/2018 - Congresso debate Informação em Ciências da Saúde

No dia 4 de dezembro, o diretor Científico da Associação Paulista de Medicina, Álvaro Nagib Atallah, participou da abertura do 10º Congresso Regional de Informação em Ciências da Saúde (Crics10). O evento, que está sendo realizado no Centro de Convenções Rebouças até esta quinta-feira (6), teve como tema central as prioridades da Agenda 2030: contribuições da evidência e do conhecimento científico.

“Tive a honra de participar de outras edições deste Congresso em Havana (capital cubana), aqui em São Paulo, em Salvador e em Puebla (cidade mexicana). Pude compreender o importante papel das discussões abordadas para o progresso da humanidade, em que as atividades do organismo internacional Bireme são pioneiros na América Latina”, congratulou Atallah.

O diretor da APM afirma que, durante os seus 34 anos no ramo de divulgação das evidências científicas, tem visto o progresso constante do Crics. “Como brinco com os meus colegas mais à esquerda, debates como esse são o verdadeiro socialismo, porque distribuem uma riqueza de que todos precisam e nunca terminam.”

O Crics teve início em 1992, como um fórum inovador nas áreas de comunicação científica, gestão do conhecimento, metodologias e tecnologias da informação e suas aplicações para o desenvolvimento de sistemas de investigação, educação e saúde. O evento é organizado pelas Organizações Pan-Americana e Mundial da Saúde, através do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme).

 

Experiências

“Este Congresso é um espaço de aprendizado, intercâmbio e socialização entre os profissionais, investigadores e estudantes de diferentes áreas de formação em Saúde, provenientes de diversos países”, reforça o diretor da Bireme e presidente do Crics 10, Diego González Machín. Ele falou ainda sobre a Biblioteca Virtual em Saúde, serviço gratuito oferecido pela OPAS/OMS e Bireme, em prol da democratização do conhecimento científico.

 

“Todo o programa do evento também pode ser seguido através de aplicativo. Agradecemos este País por ser novamente o anfitrião do Crics, sendo congruente com o tema da agenda 2030, na qual a interseccionalidade com diversos campos do conhecimento é fundamental”, conclui.

Integraram ainda a mesa de abertura, a diretora da OPAS/OMS, Carissa F. Etienne; o representante da Organização no Brasil, Joaquín Molina; o coordenador de Ciências, Tecnologia e Insumos Estratégicos de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo, Sergio Swain Muller; a coordenadora do Núcleo de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, Regina Maria dos Santos Marinho; a vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação da FioCruz, Cristiane Vieira Machado; o diretor executivo da Funasa, Marcio Cavalcante; o gerente do setor de Atendimento à Emergência da Cetesb, Jorge Luiz Nobre Gouveia; o vice-diretor da FMUSP, Roger Chammas; e o presidente da Comissão de Extensão da Faculdade de Saúde Pública da USP, Marco Akerman.

Galeria de Imagem