ÚLTIMAS

05/12/2017 - IV Campeonato de Futebol da APM: Santos consagra-se tricampeão

No último domingo, 3 de dezembro, a equipe do Santos tornou-se tricampeã do Campeonato de Futebol da APM. A decisão, disputada contra o Jundiaí, foi dura e nervosa, com ambos os times se estudando e buscando resguardar os espaços defensivos. Após um empate sem gols no tempo normal, o jogo foi para a prorrogação. O gol do título saiu aos 13 minutos do segundo tempo da prorrogação, pelos pés do camisa 9 Luiz Fernando Bacarine Leite.

O jogo todo foi marcado pelo equilíbrio entre as equipes. Os primeiros 15 minutos de partida foram de tentativa de pressão por parte do Santos, que com bolas roubadas na intermediária ofensiva levava perigo nas finalizações. Aos 18, inclusive, Luiz Fernando teve a chance de abrir o placar, após um cruzamento rasteiro da linha de fundo, mas o chute saiu torto. Na sequência, o Jundiaí tomou as rédeas da partida, desperdiçando talvez a chance mais clara do jogo, aos 32 minutos, após erro do zagueiro do Santos que se enganou com o quique da bola.

 

No segundo tempo, o time do Jundiaí parecia determinado a abrir o placar. Em menos de 10 minutos, a equipe já havia criado chances em dois cabeceios perigosos e dois bons chutes cruzados. Após um início quente, o jogo foi se assentando e só voltou a ter emoções na reta final, com oportunidades interessantes do Santos. Aos 41 minutos, após bate e rebate na área, quase o time da baixada decidiu a partida.

Com o 0 a 0 no placar, as equipes foram para a prorrogação. Já desgastados fisicamente, ambos os times arriscavam pouco. A primeira etapa teve apenas uma boa chance, por parte do Jundiaí, que resultou em um chute por cima. A segunda parte decorreu da mesma forma e as equipes pareciam já estar pensando na disputa de pênaltis.

Faltando dois minutos para o fim do cotejo, porém, o Santos teve uma cobrança de falta muito perto da área. A finalização estourou na barreira, mas no rebote a bola encontrou Luiz Fernando completamente livre dentro da área: ele só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e selar mais um título santista.

Após a partida, o craque do jogo declarou: “Este ano, o campeonato foi muito difícil, muito parelho, com todos se intensificando. Esta final foi de muito sofrimento para o Santos, mas conseguimos, na prorrogação, ganhar esse título! Tenho que agradecer ao Valdir [funcionário da APM e um dos organizadores do torneio], à organização e às equipes. Foi um campeonato brilhante”.

Já o goleiro do Jundiaí, Lucas Piacenti, afirmou: “Foi uma partida bem equilibrada e quando o jogo já se encaminhava para os pênaltis, em um lance de sorte, sobrou uma bola dentro da área. Acredito que tanto para o Jundiaí quanto para o Santos estaria de bom tamanho, foi um grande jogo e eles merecem os parabéns. Jogamos de igual para igual, tentamos vencer, mas infelizmente não deu”.

Esse foi a quarta final e o terceiro título do Santos em quatro edições do Campeonato de Futebol da APM. Além da edição 2017, eles levaram os troféus das edições de 2014 e de 2015. Na edição do último ano, quem venceu foi a equipe da Pinheiros.

 

Confira abaixo os destaques do IV Campeonato de Futebol da APM:

 

Melhor jogador da final: Luiz Fernando Bacarine Leite – Santos

Melhor jogador do campeonato: Eduardo Landini Dolci – Santos

Melhor goleiro do campeonato: Lucas Piacenti – Jundiaí

Artilheiro: Raphael Barroso Kato – Pinheiros

3º colocado: Pinheiros

Confira a galeria de fotos clicando aqui.

Fotos: Osmar Bustos

Galeria de Imagem