ÚLTIMAS

08/07/2020 - Pesquisadores investigam relação entre anosmia e Covid-19; participe da pesquisa

Sabemos que os médicos e os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 são expostos a maior carga viral da doença. Pensando nessa realidade, a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), em parceria com a Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp), está promovendo uma pesquisa virtual para avaliar se a perda do olfato é um dos sintomas de manifestação da infecção.

O levantamento – realizado na plataforma SurveyMonkey – avalia apenas os profissionais atuantes no atendimento a pacientes com suspeitas ou confirmação de contaminação pelo novo coronavírus.

Segundo os pesquisadores, a literatura carece de estudos científicos a respeito da anosmia como uma possível sequela da Covid-19. “Em caráter emergencial, iniciamos um estudo que foi aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) para verificar essa associação”, informam os organizadores.

O levantamento – que leva cinco minutos para ser preenchido – é encabeçado por Fábio de Rezende Pinna, otorrinolaringologista e médico assistente do Hospital das Clínicas da FMUSP. Os dados coletados são protegidos e sigilosos. Além disso, o entrevistado poderá não responder determinadas questões que lhe causem desconforto por razões pessoais.

De forma específica, a elaboração da pesquisa contou com a participação dos departamentos de Bioquímica da USP e de Oftalmologia e Otorrinolaringologia da FMUSP. Para participar, clique aqui.