Últimas notícias

19/05/2020 - Sangue Verde e Amarelo: Allianz Parque recebe campanha dias 26 a 28 de maio

Nos próximos dias 26, 27 e 28 de maio, o estádio do Palmeiras, Allianz Parque, na Zona Oeste de São Paulo (SP), receberá a ação “Sangue Verde e Amarelo”, uma iniciativa nacional que organiza coletas de doação de sangue em estádios de futebol durante o período de pandemia.

A campanha é encabeçada pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) – com apoio da Associação Paulista de Medicina (APM), Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), Associação Brasileira de Talassemia (Abrasta) e MTM Tecnologia.

O projeto foi lançado em decorrência do risco iminente de desabastecimento em serviços de hemoterapia em todo o Brasil, por conta das determinações de isolamento social nos estados por conta da Covid-19.

A primeira coleta foi realizada também em São Paulo, na Arena Corinthians, em Itaquera, Zona Leste da capital paulista, nos dias 7, 8 e 9 de abril, reunindo mais de mil doadores. As datas são organizadas por meio de um aplicativo, que pode ser baixado na App Store ou na Google Play.

A Associação Paulista de Medicina foi responsável por intermediar a construção do app. Com a solicitação de apoio da ABHH, o diretor de Tecnologia da Informação da APM, Antonio Carlos Endrigo, buscou uma start up que pudesse desenvolver o projeto tecnológico. A MTM foi a responsável por essa fase. “A Associação, então, disponibilizou o ambiente em nuvem para hospedar o aplicativo. Tudo o que for rodar dentro do app desenvolvido pela MTM estará nesse local”, detalha o diretor da APM.

Os interessados em realizar uma doação podem fazer o download do aplicativo e, após um cadastro rápido, agendar a sua participação. No app, também há informações acerca dos critérios de quem poderá doar (indivíduos de 16 a 69 anos, acima dos 50 kg e com boas condições de saúde, em linhas gerais) e as orientações quanto aos documentos necessários.

Serviços de hemoterapia interessados em fazer parte da campanha também podem se inscrever pelo aplicativo – a comissão organizadora verificará se o estádio correspondente à cidade estará disponível para a coleta.

“O cenário da pandemia do novo coronavírus inevitavelmente ameaça a continuidade do tratamento e até põe em risco a vida de pacientes que precisam de transfusão de sangue” explica Dante Langhi Jr., presidente da ABHH.

“Por isso, não medimos esforços para lançar a campanha Sangue Verde e Amarelo e deixamos claro que a doação de sangue não representa risco de contaminação, basta que os cuidados de evitar aglomerações, como o agendamento, sejam seguidos”, completa Langhi.