Assine aqui para receber
nosso Informe institucional

Notícias

APM NA IMPRENSA

06/02/2018 - Simpósio traz psiquiatra forense Guido Palomba a Adamantina

Por: Siga Mais

O médico psiquiatra Guido Palomba, uma das mais importantes e respeitadas referências em psiquiatria forense no Brasil, estará em Adamantina no mês de março, onde participa do Simpósio Integrado de Direito e Medicina. A palestra será aberta ao público, no dia 2 de março, às 19h30, no auditório do campus 2 da UniFAI.
O evento é uma realização conjunta do Poder Judiciário do Estado de São Paulo e Ministério Público do Estado de São Paulo – Comarca de Adamantina, Centro Universitário Adamantina (UniFAI), Polo de Atividades Integradas PAI Nosso Lar, Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UniFAI e Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp).
A programação terá abertura e exposição com a juíza da 3ª Vara da Comarca de Adamantina e diretora do Fórum local, Ruth Duarte Menegatti. Em seguida, o psiquiatra forense Guido Palomba irá ministrar palestra com o tema “História da loucura: da antiguidade aos dias atuais”.
Segundo a juíza Ruth Menegatti, o psiquiatra forense Guido Palomba tem uma atuação espetacular, tendo atuado em grandes crimes de repercussão nacional e internacional. “Vai movimentar a região e trazer conhecimento impar para o direito e medicina”, destaca.

Guido Palomba: atuação reconhecida 

Sempre chamado a opinar sobre os casos mais complexos nessa área, Guido Palomba tornou-se célebre por participar da elucidação e análise de casos criminais que se destacaram nas últimas décadas, além de trabalhar ativamente em periciais civis de alta complexidade.
Guido Palomba graduou-se, em 1974, pela Faculdade de Ciências Médicas de Santos e especializou-se em psiquiatria forense com título reconhecido pela Associação Médica Brasileira, Associação Brasileira de Psiquiatria e Sociedade Brasileira de Medicina Legal. Foi médico e médico-chefe do Manicômio Judiciário de São Paulo (1975-1985) e é perito habilitado nos Tribunais Judiciários de São Paulo desde 1975.
Tem atuado, desde 1985, como consultor convidado de alguns órgãos de comunicação para assuntos psiquiátrico-forenses, assim como professor convidado de algumas faculdades de direito, de psicologia e de medicina, entre outras entidades como a Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, Ordem dos Advogados do Brasil, Academia de Polícia de São Paulo, Polícia Militar, Associação Paulista de Medicina.
É membro do Conselho Editorial de revistas científicas e culturais, nacionais e internacionais. Foi diretor científico, no Brasil, do British Medical Journal.
Além de diversas obras publicadas como autor, autor-coordenador ou coautor, Palomba também publicou mais de duas centenas de artigos científicos e culturais. Possui ainda uma pequena coleção de livros raros e raríssimos de psiquiatria forense, de psiquiatria e de medicina legal.

      guido